sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Detento se recusa sair de presídio no RN, assalta casal e é preso novamente


Um preso se recusou a sair do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, na zona norte de Natal, após recebeu um alvará de soltura na manhã desta quinta-feira (20). Após ser retirado a força do presídio, ele assaltou um casal de advogados e acabou preso novamente.

De acordo com a diretora do presídio, Dinorá Simas, ele rasgou o documento que permitia a sua saída e foi retirado a força. "Quando chegou o alvará ele não queria nem sair da cela", disse a diretora. O homem de 20 anos, que foi preso por assalto, foi encaminhado para a secretaria do Raimundo Nonato, mas se negou a assinar o alvará de soltura e acabou rasgando o documento.

"Ele dizia que não ia sair, mas colocaram ele para fora do presídio", explicou a Dinorá. Após sair, o preso continuou em frente ao Raimundo Nonato e assaltou um casal de advogados que estava chegando.

O crime causou pânico entre os familiares de presos que estavam no local para visita e o homem acabou sendo preso novamente. Ele foi encaminhado para a 8ª DP e, quando estava sendo levado pela polícia, ainda disse ao vice-diretor do presídio "não falei que eu voltava".

Segundo Dinorá, essa foi a primeira vez que um preso se negou a ser solto, mas ele não explicou o motivo de não querer sair da prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário