sábado, 22 de agosto de 2015

Após filhos conseguirem empregos, mulher faz desligamento voluntário do Bolsa Família no RN

A senhora Francisca das C. de Lima procurou a sede do CadÚnico do município de Florânia, interior do RN, para declarar que devido o seu filho está empregado, com carteira assinada, e outro está trabalhando como “Menor Aprediz” (sic), a situação financeira de sua família melhorou, portanto para dar a vez a outra família, a mesma resolveu procurar “o Bolsa Família” para se desligar.

A maneira desta cidadã se comportar perante a situação exposta é fruto de um trabalho de sensibilização que é feita diariamente pelos profissionais da Assistência Social do município uma vez que corriqueiramente é colocado para os cidadãos que é necessário ter consciência, que para está no Programa Bolsa Família é preciso ter um teto financeiro de até R$ 154,00 (cento e cinquenta e quatro reais), e quando este é omitido durante a entrevista, deixa de contemplar outra família que realmente esteja no perfil de adquirir este benefício.

Nenhum comentário:

Postar um comentário