segunda-feira, 13 de julho de 2015

Gargalheiras encontra-se com apenas 1,23% de sua capacidade

Reportagem: Nelder Medeiros

Não é de hoje que a população de Acari vem se preocupando com o baixo nível do Gargalheiras. Diariamente o manancial é visitado por curiosos, que nunca viram a paisagem como está, afinal deste sua construção, a 56 anos, nunca esteve tão seco. 

A paisagem, que proporciona um misto de sentimentos está ficando ainda mais preocupante quando percebemos os bancos de areia no pé da serra, o estreitamento da bacia e agora o avistamento de uma haste de ferro que por muito tempo deu suporte à iluminação de um poço que serviu para fornecer água na construção do açude.

Segundo dados oficiais do governo, o Gargalheiras está hoje com apenas 1,23% de sua capacidade, podendo abastecer Acari e Currais Novos, através de rodízios até o mês de agosto.

Emergencial

O prefeito de Acari, Isaias Cabral conseguiu viabilizar através do governo estadual a perfuração de 12 poços, onde serão 10 na zona urbana e 2 paras as comunidades Gargalheiras e Bulhões. Os poços já foram locados (localizados) e em breve se iniciam as perfurações e instalações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário