quarta-feira, 25 de março de 2015

Mulher vai para salão pintar o cabelo e fica careca na Bahia


Uma mulher vive um drama há dois anos e pede ajuda para resolver o problema. Andréa de Jesus Santos, de 35 anos, foi pintar o cabelo em um salão de beleza, no Vale da Muriçoca, na capital baiana, e ficou careca.

Ela contou que foi clarear as pontas do cabelo, mas a cabeleireira acabou pintando todo o cabelo. Após a aplicação do produto, o couro cabeludo começou a queimar e ferir. Alguns dias depois, o cabelo começou a quebrar e cair.

A mulher disse que costumava ir ao salão e nunca tinha tido problemas, mas trocou de tintura no dia, por orientação da cabeleireira, que disse que o produto era muito bom.

— Tudo que queria era meu cabelo de volta.

Agora, além de estar careca, Andréa sofre com a vergonha e não sai mais de casa, pois as pessoas ficam olhando, algumas até zombam e dão risada. Ela usa peruca, touca, chapéus e torso para poder ir para a rua. Até o casamento vai mal após todo o ocorrido.

— Meu marido tem vergonha de sair comigo.
Andréa voltou ao salão, mas a dona diz que não a conhece e ameaçou processá-la. Agora, a mulher pede ajuda com um tratamento para resolver o problema com o cabelo.

R7


Nenhum comentário:

Postar um comentário