sexta-feira, 27 de março de 2015

Em parceria com o Ministério da Saúde, Prefeitura de Acari realiza ação de Controle da Qualidade da Água

A administração que está construindo um futuro melhor em Acari, pensando no bem comum da população, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde/ Governo Federal, realizou neste mês de março ações de Controle de Qualidade da Água, em três diferentes categorias: Caern, águas engarrafadas ou não, vendidas à população e águas de poços. 

Atendendo a uma solicitação por parte da Secretaria Municipal de Saúde, a equipe responsável pelas análises esteve em Acari com um laboratório móvel (Unidade de Apoio) para a realização dos trabalhos. O objetivo geral do Programa Nacional de Apoio ao Controle da Qualidade da Água para Consumo Humano (PNCQA) é fomentar e apoiar tecnicamente os estados, Distrito Federal e municípios no desenvolvimento de ações, planos e políticas para as ações de controle da qualidade da água para consumo humano a fim de garantir que a água produzida e distribuída tenha o padrão de qualidade compatível ao estabelecido na legislação vigente, visando à promoção da saúde e a melhoria do bem-estar das populações atendidas.

Isaura Amália, uma dos responsáveis pelas análises relatou algumas das situações no município:

"Quanto ao sistema oriundo do açude Gargalheiras, entendo que fica difícil oferecer uma água de qualidade com um manancial contendo um nível tão baixo. A água é salobra e a população tende a rejeitar seu consumo, utilizando-a para outros fins. O cloro adicionado na ETA - Estação de Tratamento, em Gargalheiras, foi suficiente para chegar na ponta de rede, dentro da faixa recomendada pela Portaria de potabilidade vigente. Já para as águas que são vendidas em diversos pontos da cidade, obtivemos um resultado satisfatório, a grande maioria está dentro dos parâmetros normais. Dos poços analisados, o que obteve melhor qualidade foi o poço recém perfurado em frente ao Ginásio de Esportes." Disse

Isaura ainda falou sobre o parâmetro SALINIDADE dos poços, relatou que todos se comprovaram de águas salobras, e para que as águas oriundas desses poços possam ser utilizadas para consumo humano, além da necessidade de dessalinizar, também precisam passar por processo de desinfecção. 
"Uma alternativa para o tratamento intradomiciliar da água é o uso do hipoclorito de sódio a 2,5%, 2 gotas para cada litro de água. Exemplo: para um garrafão de 20 Litros, adicionar 40 gotas da solução; fechar o vasilhame e inverte-lo para baixo e para cima com o propósito de misturar todo o volume. Aguardar 30 minutos e pronto; está própria para consumo." Disse Isaura 

Nenhum comentário:

Postar um comentário