domingo, 7 de dezembro de 2014

Ex-presidente do Banco Central vai ajudar Robinson Faria a atrair projetos para o RN

5u56ui5iMais ilustre economista do PSD, partido do governador eleito, Robinson Faria, presidido nacionalmente pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, o ex-presidente do Banco Central e mais festejado ex-presidente do Bank Boston, Henrique Meirelles, já teve uma conversa com o futuro governador do Rio Grande do Norte, em São Paulo, e se colocou à disposição do único correligionário eleito governador em 2014 para ajudar no que for preciso para alavancar o desenvolvimento econômico do Estado. Por ora, Meirelles não virá pessoalmente ao RN. Mas designou profissional de sua extrema confiança para estar no Estado, ainda em dezembro, participando da transição.

A informação é do deputado federal reeleito Fábio Faria (PSD). Em entrevista ao Jornal de Hoje, o parlamentar disse que o governo Robinson está buscando atuar da forma mais profissional possível em todas as áreas. Ele informou, por exemplo, a respeito da reunião de Robinson com Meirelles, em São Paulo. “Henrique Meirelles está mandando uma pessoa da sua extrema confiança, que trabalhou com ele no Banco Central e no Banco Mundial, para ajudar na transição. Meirelles se dispôs a ajudar o governador no que estiver ao alcance dele. Ele é do PSD, teve participação importante, e está mandando uma pessoa da sua confiança, que participou do Banco Mundial e vai participar da transição”, informou Faria.

Indagado a respeito do trabalho que este profissional irá desempenhar no Estado, o deputado federal destacou que será na área financeira, contábil, econômica e de projetos. “Ele irá nos ajudar na formulação de projetos na área de empréstimos, bancos, que é a área de Henrique Meirelles. Levantar a capacidade de investimento do Estado, fazer a análise financeira, apontar recursos que podem ser buscados lá fora, para serem investidos no Estado”, informou.

A busca por profissionais de reconhecida competência administrativa por parte do governo Robinson se deve, dentre outras coisas, ao enorme desafio que a equipe do futuro governo terá pela frente. “Nós não temos os dados completos ainda, mas sabíamos das dificuldades financeiras. Por isso que estamos buscando alternativas. Estamos sendo o mais profissional possível. Estamos trazendo Henrique Meirelles, que considero a melhor pessoa no Brasil na área financeira. Ele saiu aplaudido do Banco Central. Foi o melhor presidente do Bank Boston até hoje. E é um quadro do PSD. No PSD nacional, nós temos dois governadores, um reeleito, Raimundo Colombo, de Santa Catarina, mas que veio do DEM, e tivemos nessas eleições apenas um governador eleito, Robinson, que é o primeiro mandato de governador conquistado pelo PSD. Por isso estamos tendo uma grande contribuição de Meirelles, do presidente Kassab, que está contribuindo muito. Todos eles sabem, de longe, o tamanho do nosso desafio”.

Alex Viana
Repórter de Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário