sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Em apenas três anos, 25 policiais morreram no Rio Grande do Norte

i67433weOs números repassados pelo comandante, Major André Correia Lima, do 12° Batalhão da Polícia Militar de Mossoró (12° BPM), dão conta dos casos registrados entre 2012 e 2014.

Segundo Correia Lima, a maior quantidade de ocorrências no Rio Grande do Norte foram notificadas no primeiro ano dentro do período levantado. “Em 2012 foram 11 mortes, oito em 2013 e seis em 2014″, detalhou.

O comandante do 12° BPM explicou que os dados foram apurados com base em matérias jornalísticas e com informações de colegas com atuação na Força Nacional. Ele lembrou que os casos incluem mortes de integrantes das Polícias Federal, Militar, Civil, e Rodoviária Federal.

Ainda de acordo com Correia Lima, em todo o país em 2012 foram 259 assassinatos, 490 em 2013 e 335 em 2014. “O número de homicídios pode ser ainda maior se levássemos em conta agentes penitenciários e guardas municipais”, acrescentou, destacando que os casos totalizam 1.055 mortes em três anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário