quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Flamengo vence América e leva ao Rio vantagem para jogo da volta

Fonte: TerraAtual campeão da Copa do Brasil, o Flamengo deu na noite desta quarta-feira um importante passo na luta pelo segundo título consecutivo. Jogando em Natal, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo derrotou o América-RN por 1 a 0 e saiu na frente na disputa das quartas de final da competição nacional.

O único gol da partida foi marcado por Gabriel logo nos primeiros instantes do segundo tempo. América-RN e Flamengo fizeram um duelo agitado, em que os goleiros precisaram trabalhar para evitar o placar mais dilatado.

Com o resultado, o time carioca tem a vantagem do empate para o jogo de volta, que ocorre no dia 15 de outubro, no Maracanã. Quem passar enfrenta o vencedor do duelo entre Corinthians e Atlético-MG, que viu a equipe paulista sair bem sucedida do primeiro encontro, que também ocorreu nesta noite.

A torcida do América-RN resolveu esquecer a crise na Série B e apoiar de forma incondicional o time nesta quarta-feira. O Flamengo não sentiu a pressão americana, dominou os primeiros lances, e quase marcou aos quatro minutos, com um cruzamento rasteiro de Márcio Araújo que passou pela pequena área sem desvio. A jogada indicou qual seria o melhor caminho para os cariocas: o time visitante passou a levar vantagem em todas as descidas pela direita.

Aos 21 minutos, Léo Moura recebeu o passe longo, saiu na frente do marcador, cruzou rasteiro, Alecsandro conseguiu chegar antes da marcação, mas desviou para fora. Na sequência, após mais um cruzamento pela direita, o centroavante ganhou da zaga, Fernando Henrique deu rebote, Gabriel completou para o fundo das redes, mas a arbitragem invalidou o lance assinalando impedimento rubro-negro.

O primeiro tempo chegava ao seu fim, mas os dois times ainda teriam chances claras para movimentar o marcador. O Flamengo acionou Gabriel, que recebeu o cruzamento novamente da direita, desviou de cabeça e obrigou Fernando Henrique a fazer uma bela defesa. Pelo lado do América-RN, Thiago Dutra invadiu a área com espaço, mas não acertou o gol no momento do chute.

Antes que o primeiro minuto da etapa complementar estivesse completo, Everton puxou o ataque do Flamengo pela intermediária, fez o passe para Alecsandro, que protegeu da marcação com o pivô e abriu na direita. Gabriel apareceu livre dentro da área, bateu cruzado com tranquilidade e não deu chances para o goleiro Fernando Henrique. Era a festa da torcida flamenguista em Natal.

O gol abalou o América-RN, que teve dificuldades para voltar a pressionar a saída de bola do Flamengo, como estava fazendo ao longo da etapa inicial. Ainda assim, já aos oito minutos de bola rolando, os anfitriões conseguiram chegar na bola parada. Arthur Maia cobrou falta em direção ao gol, Márcio Passos subiu livre de marcação na cara de Paulo Victor, mas desviou por cima do travessão.

O resultado não era interessante aos anfitriões. Sendo assim, Marcelo Martelotte fez logo duas alterações. Max deu lugar ao garoto Paulinho, para dar mais velocidade ao ataque americano. O volante Judson, por sua vez, que já tinha o cartão amarelo, deu lugar a Jéferson. O objetivo de marcar presença no ataque teve êxito, mas ainda faltava criatividade para envolver o adversário.

O Flamengo já não se preocupava em atacar, por isso Vanderlei Luxemburgo quis renovar sua linha ofensiva com Eduardo da Silva e Lucas Mugni. O América-RN também mudou, colocando Alfredo no lugar de Rodrigo Pimpão. O atacante que saiu do banco de reservas, aliás, teve a chance do empate, mas chutou por cima do travessão ao sair na cara de Paulo Victor.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário