terça-feira, 7 de outubro de 2014

Eleitor de Robério no primeiro turno, acariense Jo fagner declara apoio a Henrique

O jornalista e antropólogo acariense Jo Fagner escreveu uma carta aberta de apoio ao prefeito Isaias Cabral e ao candidato a governador Henrique Eduardo Alves. Eleitor do Professor Robério Paulino (PSOL) no primeiro turno, ele comenta as razões para votar 15 no dia 26 de outubro. Leia:

"Acarienses amigos, meus conterrâneos,

Vivenciamos um momento único na história da cidade, em 2012, com a eleição de Isaías Cabral, o bodegueiro de origem humilde e coração popular, que tem administrado com transparência e responsabilidade a nossa terra.

Hoje venho até vocês expressar uma vontade que se renova, especialmente diante desse novo cenário. O que vemos hoje é liberdade, respeito e preocupação da gestão atual com sua população.

Foi o voto livre que elevou Acari à situação de um município que honra com seus trabalhadores, com salários em dia, investimentos nos setores mais carentes, e em apenas dois anos o retrato que se vê é de desenvolvimento.

Estamos às vésperas de um segundo turno, e o sentimento que bate é que devemos continuar progredindo em todos as áreas, das que já deram frutos até aquelas que ainda são sementes. Agora é hora de laçar os ideais do nosso prefeito aos ideais do nosso estado e do nosso país.

Somente essa união poderá fazer com que nossa cidade seja um lar para todos os seus filhos. É hora de renovar o nosso grito de liberdade, expulsando a corrupção e tirania de homens que só são amigos em período eleitoral.

Peço a todos os amigos e conterrâneos o VOTO DE RESISTÊNCIA, para que nossa cidade continue a crescer, e que águas de prosperidade possam enfim chegar ao nosso povo. Somente quem vota com o eterno governador das águas pode viver a esperança de dias melhores.

O voto nulo não é um voto de protesto, mas o verdadeiro protesto é a RESISTÊNCIA contra esse grupo que deixou a cidade na primeira derrota, e agora quer retornar para desorganizar e destruir o trabalho árduo do prefeito Isaías, que até então tem cuidado muito bem do nosso povo.

Recomendo, então, que continuem expressando o desejo de renovação no 15, o voto de resistência do acariense que não se deixa abater, que não se deixa enganar.

Nada é mais forte que a fibra e coragem do povo seridoense, e o povo acariense vai responder nas urnas que em Acari não tem espaço pra remendar os cacos da velha panela de barro, que quebrou em milhões de pedaços dois anos atrás.

Cordialmente,
Professor Jo Fagner, jornalista e antropólogo acariense"

Nenhum comentário:

Postar um comentário