quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Bancários encerram greve e voltam ao trabalho no Rio Grande do Norte

Greve-dos-Bancarios---Banco-do-Nordeste-WR--(6)

Seguindo a orientação do Comando Nacional dos Bancários (Contraf), a maioria das assembleias realizadas ontem (6) em todo o país aprovou a nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), encerrando a greve nacional da categoria iniciada no dia 30 de setembro. A proposta reajusta os salários dos bancários públicos e privados em 8,5% (aumento real de 2,02%), o piso salarial em 9% (2,49% acima da inflação) e o vale-refeição em 12,2%, além de contemplar outros avanços não econômicos, como mecanismos de combate às metas abusivas e o assédio moral.

No Rio Grande do Norte, as assembleias também aprovaram as propostas específicas apresentadas pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal. Apenas os funcionários do Banco do Nordeste continuarão com a paralisação, por tempo indeterminado, devido os pleitos específicos não terem sido atendidos.
De acordo com Marta Turra, presidente do Sindicato dos Bancários do RN, os trabalhadores rejeitaram a proposta por que os diretores não negociaram situações referentes ao plano de cargos e salários, plano de saúde, aposentadoria e novas contratações, por exemplo.

“O Banco do Brasil e Caixa Econômica ficaram de contratar dois mil funcionários no próximo ano, atendendo uma das reivindicações da categoria de ambas as instituições. O Banco do Nordeste não fez uma proposta parecida. Aos cerca de 280 funcionários, foi apresentado apenas a negociação geral contemplando aos bancos públicos e privados. Por isso os servidores não aceitaram e pretendem continuar em greve por tempo indeterminado”, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário