sábado, 13 de setembro de 2014

Saúde pública é prioridade para a maioria dos eleitores, aponta Ibope


A pesquisa CNI-Ibope de intenção de voto para a Presidência da República revelou as prioridades do eleitorado para o futuro Presidente da República, seja ele qual for. Para 51% dos entrevistados, o novo governo deve centrar esforços em melhorar os serviços de saúde. Outros 32% acreditam que a educação deve ser priorizada, e 27% pedem foco no combate à violência e à criminalidade. O aumento do salário mínimo (26%) e a redução de impostos (24%) completam as cinco primeiras posições no ranking de prioridade do eleitorado.

Ainda sobre as prioridades para o novo governo, foram citados itens como a geração de empregos (19%), o controle da inflação (19%), a redução dos gastos públicos (18%) e o combate à corrupção (18%). Por fim, completam a lista o combate às drogas (12%), a ampliação do combate à pobreza (10%), dos programas de moradia (9%) e dos programas sociais, como o Bolsa Família (7%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário