segunda-feira, 16 de junho de 2014

Ciência maluca: Conchinha depois do sexo melhora o relacionamento

Nada de roncar e dormir que nem criança. Os minutos pós-sexo são cruciais para determinar afelicidade no relacionamento. E quanto mais carinho melhor.

É o que diz um estudo de pesquisadores da Universidade de Toronto. Eles entrevistaram 335 pessoas para saber quanto tempo costumavam trocar carinhos após o sexo. A maioria dos entrevistados passava 15 minutos nessa.

Num segundo momento, convidaram outras pessoas e, para metade delas, fizeram um desafio: passar mais tempo do que a média trocando carícias (conversar de conchinha, beijar ou abraçar)com o parceiro depois do sexo. Três meses depois, o grupo dos carinhosos se mostrou mais satisfeito com a vida sexual e com o relacionamento.

“Quando as pessoas pensam em sexo, elas tendem a focar mais no ato em si ou no orgasmo”, dizAmy Muise, autor da pesquisa. “Esse estudo sugere que outros aspectos afetivos do sexo são importantes para a satisfação com o relacionamento e o sexo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário