sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Carros-pipa que abastecem Jardim do Seridó se deslocam 250 km em busca de água


A estiagem prolongada tem restringido o acesso a mananciais para abastecimento de carros-pipas e forçado a busca por novas fontes em municípios cada vez mais distantes. Em Jardim do Seridó, distante 220 km da capital, os onze carros-pipas que abastecem 50 comunidades rurais se deslocam até Vera Cruz, a 30 km de Natal. São cerca de 250 km, em cada trajeto, para carregar as caçambas com o líquido. O Comando Militar do Nordeste responsável pela Operação Pipa no RN informou, por meio da assessoria de comunicação, que a situação em Jardim do Seridó não é um caso isolado. O município, bem como os demais vizinhos eram abastecidos na cidade de Parelhas, cujo manancial entrou em colapso. Nesses casos, o Exército busca manancial alternativo compatível com o volume de água necessário, que, neste caso, é no município de Vera Cruz.

Há também casos de abastecimento no município de Macaíba. A busca por água em fontes cada vez mais distantes dos municípios que estão em colapso não tem onerado os custos da operação, ainda segundo o Exército. Há um incremento na remuneração dos pipeiros - que não foi informada - devido a distância percorrida compor o cálculo de remuneração.

O Exército informou que não houve redução do volume fornecido e que solicita, mensalmente, o laudo de potabilidade dos mananciais de captação às Prefeituras, conforme estabelece em Portaria Interministerial, além da adição de pastilhas de cloro nos tanques dos veículos contratados. Atualmente, 113 municípios são atendidos pela Operação Pipa no RN, com volume de 20 litros/pessoa/dia.

Com as últimas chuvas, a Barragem Passagem das Traíras – que abastece Jardim do Seridó, São José do Seridó e a Zona Norte de Caicó – elevou sua capacidade em mais 40 cm, de acordo com o coordenador comercial da Regional da Caern em Caicó, Hélio Medeiros. A recarga do reservatório beneficia Jardim do Seridó, onde a Caern adotou o sistema de abastecimento em rodízio, para garantir que a água chegue para toda a população.

“A previsão é que o abastecimento em Jardim do Seridó e de São José do Seridó, feito de forma racionada e sob ameaça de colapso, seja restabelecido até o final deste mês”, disse ele. No Estado, 15 cidades foram beneficiadas com a construção de cisternas de placas, a partir de acordo firmado entre a Fundação Banco do Brasil, Governo Federal e a Articulação Semiárido Brasileiro. O reservatório de forma cilíndrica, coberta e semienterrada tem capacidade de acumular 16 mil litros de água que podem durar até oito meses para uma família de cinco pessoas.

Tribuna do Norte


Nenhum comentário:

Postar um comentário