segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

GTO de Parelhas chega ao fim em plena festa de padroeiro e preocupa comerciantes e a população

O Grupo Tático Operacional da cidade de Parelhas chega ao fim melancolicamente. Isso porque o seu trabalho já foi reconhecido como um dos melhores entre os grupos operacionais da PMRN, e o pior, num momento muito difícil pela qual passa a sociedade parelhense, onde a criminalidade tende aumentar incondicionalmente.

Segundo um ex-membro do grupo, que prefere não se identificar, o fim da equipe se deu por intransigências operacionais, onde a aplicabilidade dos homens mais operacionais da polícia de Parelhas se dava de forma desordenada, chegando a exceder os limites e condições formais, com isso o comandante parelhense achou por bem desarticular a equipe ao invés de adotar medidas para evitar seu fim. "Talvez esse não fosse o caminho mais sensato, mas manda quem pode e obedece quem tem juízo, né Jair?" - narrou o PM.

fonte: Jair Sampaio


Nenhum comentário:

Postar um comentário