sábado, 11 de janeiro de 2014

Ator potiguar César Ferrario brilha em nova minissérie da Globo


Paixão, vingança e questões familiares mal resolvidas formam o tripé que sustenta a nova minissérie global “Amores Roubados”, que estreia no próximo dia 6 de janeiro. Inspirada no folhetim pernambucano “A Emparedada da Rua Nova”, de Carneiro Vilela (1846-1913), a minissérie traz no elenco principal o ator potiguar César Ferrario, dos Clowns de Shakespeare, no papel do moto taxista mercenário Bigode de Arame. O lançamento oficial para a imprensa acontece hoje, no Rio de Janeiro. Os papéis principais da trama serão vividos por Murilo Benício, Patrícia Pillar, Ísis Valverde e Cauã Reymond; porém, além de Ferrario, outros atores que atuam longe do eixo Rio-São Paulo, como Irandhir Santos (“O Som ao Redor”) e Jesuíta Barbosa (“Tatuagem”) foram escalados para dar mais credibilidade ao sotaque.

Um dos méritos de “Amores Roubados”, segundo críticos de televisão que já tiveram contato com o projeto, está na capacidade de desmontar estereótipos e ampliar a impressão que se tem sobre o Nordeste.

Ator potiguar César Ferrario participa hoje, no Rio de Janeiro, do lançamento da minissérie Amores Roubados, que estreia em janeiro na Globo

Com direção geral de José Luiz Villamarim (“Avenida Brasil” e “O Canto da Sereia”), bem acompanhado pelo experiente diretor de fotografia Walter Carvalho, grife do cinema nacional com mais de 80 filmes no currículo, a minissérie é ambientada em um sertão contemporâneo e tem como enredo básico a história do Don Juan que entra em apuros ao se envolver com a filha de um homem rico e poderoso da capital – a história original, publicada semanalmente entre 1909 e 1912, acabou se tornando lenda urbana no Recife.

As gravações externas foram feitas em Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Paulo Afonso (BA), e as internas em estúdios no Rio de Janeiro. A última cena de César Ferrario, que começou a trabalhar em julho, foi rodada semana passada. Para contar um pouco sobre a nova atração global, César Ferrario, natural de Mossoró e ator profissional desde 1993, conversou com a TRIBUNA DO NORTE sobre sua segunda experiência com televisão. A primeira foi na novela “Cheias de Charme” (2012), onde contracenou com a companheira de vida Titina Medeiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário