segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Após sua posse como novo pároco de Acari, Padre Costa envia mensagem aos acarienses


Com estas palavras o Cura de Ars queria dizer que pároco não é o caminho, mas uma placa indicativa que mostra o verdadeiro Caminho que é Cristo Jesus. E neste sentido, ser uma placa indicativa mostrando o Caminho, a Verdade e a Vida é antes de tudo, testemunhar com a própria vida o Evangelho de Jesus. Foi Ele mesmo, que nas suas pregações nos ensinou dizendo: “Quem quer ser o maior entre todos, se torne o menor – o servidor de todos – pois o Filho do Homem, não veio para ser servido, mas sim para servir”; este realmente é o verdadeiro sinal de quem se consagra à missão.

Sei de minhas limitações humanas e confio na graça e no poder de Jesus Cristo que me conferiu a graça do sacerdócio. Confio também, na grandeza de coração do bom povo de Acari, a quem servirei, com o apoio e a correspondência de todos. Coloco-me à disposição para melhor servir e o farei, obedecendo ao Plano Diocesano de Pastoral; à minha consciência e à promessa de obediência ao Bispo, atualmente representado pelo Administrador Diocesano, o Pe. Ivanoff, buscando sempre a justiça e o bem da comunidade, visando sempre a humildade e a colaboração efetiva na busca do bem maior das pessoas que servimos.

O sacerdote será Bom Pastor na medida em que, através do exercício quotidiano do seu ministério, se dedicar integralmente a Cristo e, por Ele, com Ele e Nele, aos irmãos, em total fidelidade, sempre a exemplo do mesmo Senhor. Por essa razão, o apelo à fidelidade quer recordar a cada um de nós, o feliz dever de renovar os compromissos assumidos no dia da nossa Ordenação, de sermos fiéis anunciadores do Evangelho, a todos sem exceção, em espírito de verdadeira comunhão eclesial."

Texto extraído da página do Facebook da Paróquia do Acari
via Nelder Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário