quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Vivaldo Costa cobra ações efetivas no combate à seca e falta de médicos

O deputado Vivaldo Costa (PROS) voltou a cobrar do governo ações efetivas no combate à seca. O parlamentar disse que a situação ainda é calamitosa. "Os agricultores estão penalizados de várias formas. Os açudes estão secos e o milho da Conab ainda não chegou para alimentar o rebanho", afirmou. Em aparte, o deputado Antônio Jácome sugeriu a criação de uma Comissão Parlamentar Permanente de Acompanhamento da Seca.

Outro ponto focado pelo deputado seridoense foi o problema da falta de médicos no RN e notadamente no Seridó. Vivaldo disse que Caicó, cidade pólo na região, não poderia estar na situação atual, com falta de muitos especialistas das diversas áreas. 

"Faltam médicos no pronto-socorro do Hospital do Seridó, no Hospital Regional, nos postos de saúde e até no PSF", disse.

O deputado afirmou que além de Caicó, outras cidades da região também estão sem médicos para atendimento à população. "O Brasil precisa de mais médicos e ninguém pode deixar de reconhecer. Mas não podemos é atropelar os órgãos de classe e os sindicatos. Essa luta dos órgãos de classe é legítima, para que tenham ao menos critérios de seleção aos médicos que estão chegando", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário