quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Mulher chega infartada no Hospital Regional do Seridó e morre sem ser levada a UTI por falta de médico

A situação do Hospital Regional do Seridó (Unidade Caicó) já está ultrapassando limites inimagináveis. Aconteceu um caso absurdo naquela unidade de saúde.

Na noite de terça feira (01), deu entrada naquela casa de saúde Neuzita Wanderley de Barros, 72 anos, agricultora, moradora do sítio Alto do Bonfim, zona rural de Serra Negra do Norte, com fortes dores no peito, aos gritos, a idosa pedia para não morrer, mas em vão, seus gritos ecoavam corredores à dentro, e como em outras vezes nada foi feito, a senhora veio a óbito em meio aos gritos e à situação caótica.

Na parte externa do hospital, algumas pessoas revoltadas com a situação rapidamente entraram em contato com o blogueiro Jair Sampaio para reclamar e divulgar o acontecido: "Por favor, isso é um absurdo o que acabamos de presenciar, a mulher chegou com vida, tinha lugar na UTI, mas infelizmente o médico plantonista não estava no hospital, inclusive seu telefone está desligado, por favor, fale pelo povo de Caicó, faça com que todos saibam desse descaso", relatou uma testemunha ocular.


Nenhum comentário:

Postar um comentário