quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Ganhador da Mega-Sena no Paraná, que não foi buscar prêmio, pode estar morto

Dirlei Bonfim, de 48 anos, que morreu dois dias após o sorteio, seria o ganhador de R$ 23 milhões. Foto: ReproduçãoO vencedor de R$ 23 milhões da Mega-Sena sorteada no dia 10 de julho pode não ter aparecido para receber o prêmio por um motivo trágico. Os moradores da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, acreditam que o ganhador da bolada tenha sido o funcionário da prefeitura Dirlei Bonfim, de 48 anos, que morreu de enfarte dois dias após o sorteio.

O vencedor do concurso não se apresentou no período válido para retirar o prêmio, de 90 dias. Mesmo assim, a Caixa Econômica Federal estendeu o prazo por mais alguns dias devido à greve dos bancários, mas não houve resultado.

A mãe de Dirlei Bonfim, conhecido como Lelé, disse que chegou a ser procurada pela Caixa depois que o filho morreu, mas não encontrou o comprovante da aposta. "Se ele ganhou, foi com ele para o cemitério", disse Tereza Oliveira do Bonfim.

Um amigo de infância contou ainda que Lelé chegou a comunicar a família que tinha acertado as dezenas do sorteio, mas ninguém levou a sério porque ele bebia muito.

via V&C


Nenhum comentário:

Postar um comentário