terça-feira, 29 de outubro de 2013

Enem traz palavra escrita de forma errada e vira motivo de piada nas redes sociais

gazolina-300x224

Uma questão na prova de ciências humanas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) despertou vários comentários nas redes sociais. A questão trata de uma charge que ironiza a política desenvolvimentista do governo de Juscelino Kubistchek.

Na charge, o ex-presidente aparece conversando com um personagem chamado Jeca. No texto do quadrinho, a palavra gasolina aparece grafada com a letra z no lugar do s. O diálogo é o seguinte: “JK – Você agora tem automóvel brasileiro, para correr em estradas pavimentadas com asfalto brasileiro, com gazolina brasileira. Que mais quer?. JECA – Um prato de feijão brasileiro, seu doutô”. O texto é de autoria do chargista Théo e foi retirado do livro Uma História do Brasil através da Caricatura (1840-2001).

No Twitter, os usuários fizeram piada da grafia da palavra. Um deles diz: “Aprendi no ENEM que escrevi ‘gazolina’ errado a minha vida toda!”. Outro comentou: “#AprendiNoEnem que se baixarem minha nota na redação porque eu coloquei gazolina com ‘z’ eu armo um barraco!”.

Também em publicação no microblog, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) diz que a questão do Enem não está errada. Segundo a autarquia, responsável pelo exame, “gasolina grafada com a letra ‘z’ respeita integralmente os direitos autorais da charge publicada”, e ainda, “na mesma charge, a palavra doutor é grafada da seguinte forma: ‘doutô’, também respeitando integralmente os direitos autorais”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário