domingo, 8 de setembro de 2013

'Quero viver com ela até morrer', diz ex-freira após se casar com companheira

Lúcia Janaína Pinheiro e Francineide Moura casaram nesta sexta, em São José de Mipibu (Foto: Jorge Talmon/G1)

"Queremos viver juntas até morrer". Assim a ex-freira Maria Francineide Silva de Moura, de 43 anos, resumiu os planos após o casamento com a vendedora Lúcia Janaína Pinheiro, de 37 anos. As duas trocaram alianças nesta sexta-feira (6) no 2º Ofício de Notas de São José de Mipibu, cidade da Grande Natal. Com uma cerimônia simples, regada a salgados e refrigerantes, o casal comemorou a data na sede da Sociedade Terra Viva. Por hora, a ideia é permanecer morando na cidade de 40 mil habitantes. Francineide deixou a vida religiosa há mais de uma década, mas até encontrar Janaína não havia assumido a homossexualidade.

A lua de mel estava planejada para acontecer em São Miguel do Gostoso, cidade do litoral Norte potiguar. Porém, a ida à praia paradisíaca foi adiada por questões financeiras. "Vamos ficar por aqui mesmo. A despesa do casamento apertou e decidiremos só daqui a 15 dias", explicou Francineide. Ela e Janaína ainda não têm destino definido para as núpcias.

Potiguares de Natal e Mossoró, elas se conheceram na adolescência. Porém, a paixão entre as duas só foi descoberta quando se encontraram, há seis meses, na casa de uma amiga em comum. "A minha família foi aceitando com naturalidade depois de um tempo. Na dela, o impacto foi maior. A sociedade diz que não é preconceituosa, mas o preconceito aparece quando acontece dentro de casa ", relatou a ex-freira. Agora casadas, elas moram com a mãe de Francineide, que é cadeirante e carece de cuidados.

G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário