segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Estiagem provoca morte de animais em propriedades da Paraíba

seca-rn

A pouca chuva registrada no semiárido nordestino desde o ano passado pode comprometer já a produção de 2014. O rebanho de gado, cabras e ovelhas tem diminuído bastante, seja porque os animais morreram de fome ou porque a venda foi inevitável.

De Taperoá a Santa Cecília e de Queimadas a Serra Branca. Muda a localidade, mas não muda o impacto da seca que deixa a terra rachada, a carcaça jogada e o açude sem água. A pouca chuva é um elemento comum nos quatro municípios da Paraíba.

Não é de hoje que o Nordeste brasileiro sofre com a seca. A paisagem cinza por conta da falta de água pode até não ser novidade porque todo ano tem seca pela região. A diferença é que dessa vez, a situação resolveu ser mais duradoura e não deu tempo de a vegetação se recuperar. A seca de 2012 praticamente se encavalou com a de 2013, o que deixou a realidade ainda mais crítica.

fonte: Robson Pires


Nenhum comentário:

Postar um comentário