segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Campanha sobre o uso racional da água idealizado em Acari é assunto na região e toma maiores proporções

A Caern juntamente com a 9ª Dired realizou durante toda a manhã dessa segunda-feira (23) na sede da AMSO em Currais Novos, uma reunião para discutir o Projeto de Intervenção sobre o “Uso Racional da Água Potável”.

O projeto que visa sensibilizar o maior número de pessoas possíveis, e que tem como objetivo o uso racional da água potável nas cidades de Acari e Currais Novos, foi idealizado pelo secretário de Educação e Cultura de Acari, Josias Ivo. 
Percebendo a grandiosidade da campanha, a cidade de Currais Novos abraçou a causa, tendo em vista que a “Terra da Chelita” atualmente tem 100% do seu abastecimento vindo do manancial Marechal Dutra (Gargalheiras).

A reunião serviu para deixar o assunto ainda mais em evidência e selar um “pacto” entre aqueles que estão engajados na campanha (Acari e Currais Novos unidas para economizar água). Certamente, todos os envolvidos serão agentes multiplicadores para que a campanha cresça cada vez mais, seja na seca ou no inverno, pois o intuito é fazer com que nossa região esteja sempre preparada para enfrentar a estiagem prolongada.

A representante da 9ª Dired, Ivânia Maria, informou que enviará a proposta da campanha para 12 municípios da região. Isso contribuirá para que a campanha tome maiores proporções.

Ficou bem claro que todos que participaram da reunião estão em consonância com o projeto, querendo a participação dos governos Federal, Estadual e Municipais, numa futura audiência Pública a ser programada.

O presidente da OAB, o Adv. João Maria, garantiu o apoio da OAB, como parceira, e disse mais: “Ou a gente se une e deixa nossas vaidades de lado, ou não vamos chegar a lugar nenhum.” Se referindo a tantos outros projetos e campanhas que quando se tem uma intensão político/partidária não sai do papel.

O Prefeito de Acari, Isaias Cabral, relembrou a situação do esgotamento sanitário que até hoje o nosso Gargalheiras recebe, e que nenhuma providência foi tomada depois de tantas reuniões e audiências públicas realizadas. Ele ainda se auto-intitulou, “Parceiro da Caern”, externando o seu sentimento de profunda admiração pelo trabalho realizado pela instituição e intensa sintonia com o chefe do escritório local.


Adelson Sebastião, chefe do escritório da Caern em Acari, informou que em 6 meses, 17% da água do reservatório foi consumida através de evaporação e abastecimento. 

Sabendo que não teríamos um ano bom de inverno, a Caern se antecipou, e através de algumas medidas se conseguiu baixar o consumo d’água em até 34%. E mais, com a criação de um sistema de reuso de água nas lavagens dos filtros, são economizados 250 mil litros por dia na estação de tratamento em Gargalheiras.

Os munícipes não têm percebido, mas a Caern já vem utilizando a estratégia de racionamento d’água. Sempre no final do dia com a noite, o abastecimento vem sendo interrompido por seis (06) horas, para economizar ainda mais o pouco da água que ainda nos resta. Acreditamos que se a chuva por ventura não vier cair em nosso solo até o ano que vem, certamente passaremos por racionamento mais intenso. 

O Gerente Geral da Caern, o Sr. José Nilson, afirmou que a meta é instalar hidrômetros em todos os terminais, pois a micro medição também é um método eficaz de economia de água.

Da cidade de Acari, estiveram presentes, o Prefeito Isaias Cabral, os vereadores, Rodrigues de Naldo, Guelão e Bada, o Secretário de Educação, Josias Ivo, o chefe do escritório local da Caern, Adelson Sebastião e os blogueiros Chagas Silva e Nelder Medeiros.

fonte e fotos: Nelder Medeiros


Nenhum comentário:

Postar um comentário