quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Colapso no abastecimento de água atinge 11 cidades do RN, cinco somente no Seridó


A falta de chuvas e os baixos níveis nos reservatórios de água gerou colapsos no abastecimento de 11 cidades atendidas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). A perspectiva da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) é que esse número aumente no segundo semestre, quando as chuvas tendem a diminuir. A Caern atende 153 dos 167 municípios do RN.

As cidades com serviços paralisados estão concentradas nas regiões Oeste e Seridó do estado. Atualmente sofrem com o colapso no abastecimento os municípios de Luís Gomes, Pilões, Água Nova, São Francisco do Oeste, Ipueira, Equador, São José do Seridó, Jucurutu, Riacho de Santana, João Dias e Carnaúba dos Dantas. 

O gerente regional da Caern no Seridó, José Nilson Araújo, disse que as comportas da barragem Coremas (PB) foram abertas há 16 dias e espera que a água chegue até o final desta semana para religar o abastecimento de Jucurutu.

Na avaliação da coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Joana D'arc Freire de Medeiros, praticamente todos os reservatórios do estado estão sofrendo perdas quanto aos níveis de água. "No período chuvoso alguns melhoraram a situação, mas outros não. A tendência é que todos diminuam no segundo semestre", analisa. De acordo com a coordenadora, a recomendação é que os moradores tenham cuidados no uso da água, evitando desperdícios.

Diversos reservatórios estão com níveis considerados alarmantes pela Semarh. Os reservatórios de Zangarelhas e Cruzeta, por exemplo, apresentam índices de 7,66% e 6,51%. Ambos estão localizados na Bacia Piranhas/Açu. "Estão praticamente vazios", ressalta a coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos. No reservatório Itans, que abastece cidades da região Seridó, o nível é de 18,2%.

Fonte: G1 via V&C

Nenhum comentário:

Postar um comentário